POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

26
Fev 11

ORTOMED= O PRIMEIRO CENTRO DE ORTOPEIDA DA ZONA LESTE/ TERESINA-PIORTOMED: O PRIMEIRO CENTRO DE ORTOPEDIA DA ZONA LESTE DE TERESINA - PIAUÍ   FOTO: D`GÁUDIO

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 22:04
tags: ,

PONTE ESTAIADA MESTRE IZIDÓRIO

                                                               PONTE ESTAIADA  MESTRE IZIDÓRIO - FOTO: D`GÁUDIO PROCÓPIO

 

 

 

 

UM CANTO A TERESINA

 

INTRÓDUTO

 

AO CANTO


Quero contar este conto
Para cantar o meu canto
A uma“ donzela” de encanto
Que de tão bela, vive um encanto.
Sem que seja um encanto,
Nada mais que um encanto
Para sempre será, um eterno
Encanto, de amor e paixão, no
Entanto, desfaço-me em canto.
Me componho em rimas e versos
Para fazer o meu canto,
A um amor de encanto: Teresina!
- Cidade da luz e do sol.

 


No desencanto do belo, ao deslumbrar do singelo
Sob a luz deste sol, pelas luzes que brilham
É o céu desta Pátria, que aos homens ofusca.
Seja o céu desta terra, nosso bem mais eterno

 

AOS FILHOS

 

 

Brilham os vossos sorrisos pelo berço materno.
Resplandece o amor pela força de um povo e intenso
Desejo de externarem ao mundo, o calor, d`seus  moços!
Emergentes dos sertões, com as mãos calejadas.
No regaço a prole, tendo no peito a esperança;
Na esperança a certeza, de fincarem  as raízes
Com marcas profundas, em uma terra ensolarada
Com braços firmes e fortes brados, impondo a raça
De um povo fundidos em lutas e bravuras vividas;
Sobrepondo-se ( ao descaso pela  mãe Pátria, dispensada)
Unidos pelo instinto da sobrevivência – em lutas!

 


Aos Pátrios

 

 

Vossos bravos e vossa gente
Esses  filhos nobres valorosos.
Destemidos, sois mais fortes!
Que os povos de outras terras
Tendes no sangue a nobreza
Dos “valentes de outras lutas” .
Tendo as lutas a vossa frente
Seguem firmes em vossa estrada;
Erguendo as mãos tão calejadas
Sob um céu de muitas luzes.

 

 

Ao solo Pátrio

 

 

Teresina, que és morena,
Qual a tez da gente vossa.
Fazer calor é de tua sina
E dos que amam esta terra.
Pelos rios que te cercam,
Pelas águas que te banham:
Esses rios que te margeiam,
Resplandecem qual a duas pérolas,
Nem a Mesopotâmia do mundo antigo
Subsistiria aos teus encanto;

 

 


   D `Gáudio Procópio

 

 

Poema do Livro PORTAL DAS ALMAS Pa. 64

REG. NA B/N  Nº 520794 - 17/02/2011

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 21:38
tags:

    *A MAGIA DE ENSINAR

 

Ser mestre é trilhar o intenso caminho da luz
Como a verdade na senda da vida, que induz
Ao conhecimento mágico que a tudo reluz,
Pela nobreza dos sentimentos que conduz...

 

A liberdade do indivíduo, pela magia das letras,
Em meio a um universo de indoutos  opera.
A arte de ensinar a escrita, que a todos liberta.
E liberdade é um sentimento nobre que inspira
A auto confiança de uma nação, que manifesta
A qualidade e supremacia da cultura adquirida.


 
Ser mestre é ser doutor, ser professor, instrutor;
Ser dotado de rica inspiração, para despojar-se
Do sentimento individualista e do pálido egoísmo;
E não isolar-se num mundo cético e mesquinho.
Desprender-se do materialismo. E, ao “Dom,” entregar-se.
Ser mestre é ser indiferente a raça, credo e a cor.

 

Despertes em ti, ó professor! O mais nobre dos sentimentos:
O desejo e o ato de ensinar; construir conhecimentos.
Pois tu sempre serás lembrado pelo teu adestramento.
Pois ser mestre, é ser Professor: Um precursor eternizado. 

 


                                D`Gáudio Procópio
-----------------------------------------------------------------------------------
  *Homenagem ao dia do professor – U. E. Pref. Freitas    
    Neto/2006                    

 

Poema do Livro -  PORTAL DAS ALMAS  Pag. 57

REG. na B/N Nº 520794 – 17/02/2011


 

MONUMENTO Referente a LENDA do cabeça de cuia, localisada no parque ambiental.  Encontro das águas, onde os rios parnaíba e poty se encontram.

 

 UM DOS PONTOS TURÍSTICOS DE TERESINA

 

 

 

 

 

 

 

FOTO: D`Gáudio Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 18:36
tags:

DUPLA DINÂMICA DA ORTOMEDOs perigosos da Ortomed. uma galera bem animada. São ótimos companheiros. Cláudio e Charles integrantes de uma equipe vencedora. A FAMILIA ORTOMED

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 12:34
tags: ,

AMOR E PAIXÃO
                   (Chamas)

 

Com o coração ardendo em chamas
Qual erupção de um vulcão ardente
Entre as flamas do amor que emana
Explode um sentimento bem quente!

Em ritmo de alucinação enfurecida
Dispara o sonho da paixão contida.
Alimentando uma ilusão arremetida
Incendeia a sanha da fúria bramida.

Desconhecendo razões e limites
Investe numa aventura descabida
Sem medo de sofrer ou definhar!


Assim é uma louca paixão ardente!
Que arde, queima, e enlouquece!
Devorando a alma! Vulnerável ser.
 

 

 

D`Gáudio Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 12:28
tags:

 O CAMINHO DE TODOS

 


O que é a morte, tão temerosa,
Para temermos  seu desfecho?!
Nada mais é do que uma extensão
Da fecunda vida na matéria terrena.

 

Somos todos mortais inacabados,
Esboço de um futuro bem longínquo;
Aborto de um magistral projeto eterno...
Uma caricatura do homem perfeito.


Encaremos nosso terrível medo covarde,
E caminhemos com destreza – Avante!
Inerente a nossos sentimentos torpes,
Fujamos todos da hipocrisia insolente!


Vinde todos a um grande concerto hilário!
Não sejais vós uma anomalia sem conserto!
Onde só a morte é o principal astro do ciclo;
Que por certo, é o grande destino de todos nós!


E o que é a morte; tão  propalada,
Para que tenhamos medo dela?!
Fujamos nós, corramos todos,
Porquanto será inútil; não escaparemos!

 

 

           D`Gáudio Procópio

 

Poema do Livro -  PORTAL DAS ALMAS  Pag. 39

REG. na B/N Nº 520794 – 17/02/2011

D GAUDIO E MARY UMA AMIGA

D `GÁUDIO PROCÓPIO (POETA) e Mary Muniz, companheira de Trabalho e uma ótima amiga. também integrante da familia Otomed

 

 

 

 

 

 

 

FOTO: D`GÁUDIO

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 10:28
tags:

 

 

 

           DESDENH A II

 


Zombam de mim por que  sou...
Zombam de mim por que  não sou...
Zombam de mim por que não tenho...
Zombam de tudo o que faço.
 
 Por que todos meneiam  a cabeça?!
Será que o hábito faz o Monge?
Ou é o monge que faz o hábito?
Mais vale o que leva o Monge
 
 
 Vale mais o que leva o Monge
Do que o Monge leva
Vale mais o que carrega o Monge,
Ou vale mais o que o Monge leva?
 
 
O que leva o Monge? O Monge
Carrega ou leva? Ou é levado pelo Monge?
A sabedoria leva o Monge ou o Monge
Leva a sabedoria? Mais vale o que tem
O Monge, do que carrega o Monge.
O que o Monge carrega?.
 Mais vale a sabedoria do Monge
Do que o ouro perecível...
O ouro perece minam e roubam. A sabedoria...
Bem!... A sabedoria é a sabedoria...
O Monge... é o Monge...
 
          
         
                    D `Gaudido Procópio

 

 

Poema do Livro -  PORTAL DAS ALMAS  Pag. 69

REG. na B/N Nº 520794 – 17/02/2011

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 00:53
tags:

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO