POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

31
Mar 11

UMA VISÃO INTERNA/PONTE ESTAIADA

FOTO: DGAUDIO    ------------      PONTE ESTAIDA, PARTE INTERNA

 


 QUARENTA GRAUS
 

 


Como dardos cristalinos e frios, há muito esperado,
Cai a chuva, em gotículas transparentes e tímidas;
O barulho da chuva no telhado mistura-se ao cheiro
Da terra molhada, provocado pelo contato com a água.

 


Como dádivas dos céus, cai “ a bênção” em gotículas
De águas cristalinas, que aos poucos nos refresca o dia
Neste sol abrasador, que mata e flagela nossa existência.
Sol de quarenta graus, que aos homens alucina em demasia.

 

 

Sol de quarenta graus, que deixa os homens em polvorosa
Com cenhos carrancudos, que por tudo,em vão se irritam!
Neste mundo de meu Deus onde Judas perdeu suas botas!
Como dardos cristalinos, cai a chuva em tímidas gotas!

 


Como dardos cristalinos, em gotas geladas e tranqüilas,
Cai a chuva no telhado, ao som de serenata animadora,
Anunciando a alegria, que há muito se espera, nesta terra!
Terra de muitas lutas, homens fortes, muitas esperanças.

 

 

 

 

                                D`Gáudio Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 09:56
tags:

28
Mar 11

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

THE A THE POEMA À TERESINA

 

     

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MONUMENTO CABEÇA DE CUIA/ LOCAL: ENCONTRO DAS ÁGUAS

 

FOTO: DGAUDIO

 

 

 

   THE A THE

 

 

Dentre tantas outras, e outras tantas irmanas

És tu amada, que tens o abraço forte e afetivo!

Pois dentre as belas, é a que mais me encanta;

A heroína nordestina com amor ativo e distinto

 

 

Nesta terra dantes virgem um tanto rústica

Fincaste viva haste valente e esplendorosa.

Bradas tu, mundo afora, brava luta vigorosa,

Valorosa emana hoje, laboriosa força mística

 

 

Morena qual a tez desta  gente, vossa lenda!

Cantam versos! Cantem todos! Extasiados!

Pela exuberância de tuas ruas, praças e rios!

 

 

Dentre tantas as outras, e outras tantas muitas

És tu ó Teresina, a capital da resistência arduíva

Frente ao sul que sempre obstina, te discrimina!

 

 

 

 

 

 

D `Gáudio Procópio  

 

 

 

 

 

 

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 17:34
tags:

27
Mar 11

CANTO DA LIBERDADE

 

 

Há um concerto em meu quintal

Aos ritmos de gorjeios sem igual:

Desenvolve-se uma festa matinal 

Que ao longe vai o cântico liberal.

 

Suave como uma brisa que logo se espalha

Pelo Céu da imensidão em notas rítmicas.

Vê-se o verde pelo vão duma triste janela

Em dimensões cubículas e centimétricas. 

 

Anunciando que ao fim chegara o concerto

Voam em asas uma dupla de cantores líricos.

Ou que partem ou que chegam: É por certo?

Não cabem a ti os motivos; vosso é o delírio.

 

Em resposta ao silêncio pela rápida partida

Canta o galo no quintal, sua nota do meio dia!

Sobrepondo-se a uma relativa mística energia,

Em meio ao um forte sol que não dá guarida.

 

O que fostes? Ou que fores? Aonde foram eles?!

Não por que cantara! Mas por que partires... Tendes?...

Em tenras notas soltas, longínquas e inconstantes...

Ressoam em breves e compassados os tons. Entendes?

 

Não é o fim! Não chegara a hora da vossa ida!

Uns vão, outros vem, em notas bem surtidas

Rítmicas e alegres, ditando os ritos da melodia

Outros logo se juntam ao bando em gorjearias.

 

Cantam ó alegres viventes emplumados!

Pois todo dia é vosso dia! Alegres enviados!

 

 

D `Gáudio Procópio

 

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 18:40
tags:

 

CANÇÃO DO SEM TETO/FOTO PAULA ANDRÉAS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FOTO: PAULA ANDRÉAS

 

 

 

POEMA DO LIVRO PORTALDAS ALMAS Pag.71

REG. B/N  N} 520794 17/02/11

 

 

 

 

 

CANÇÃO DO EXCLUIDO

 

Apenas um palmo de terra

Para uma estaca fincar

A planta do pé colocar

Poder uma rede armar

E nela também balançar

 

 

Um pedaço de terra,

Para uma roça plantar

Sua família sustentar

E uma casa para morar

 

Humilde teto para morar

Seus filhos poder abrigar

Do mal tempo resguardar

E na chuva não se molhar

 

Um pedaço de chão para morar

Poder então, uma canção entoar

Sua terra! Chamar-la para habitar

E será então: lar doce lar! Nela ficar

 

 

Lar doce lar!

Oh! Vida!

Ô casa!

A terra!

Viver

Seu

Lar.

 

 

 

 

D`Gáudio Procópio

 

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 11:58
tags:

26
Mar 11

AVENTURA SOBRE SKATEFOTO: MARCELO GERVASIO

 

 

 

MARCELO PEDAL VERDE, EM SUA AVENTURA ATRAVESSANDO A PONTE METÁLICA  JOÃO LUIS FERREIRA, QUE LIGA OS ESTADOS DO PIAUÍ E MARANHÃO

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 14:14
tags: ,

25
Mar 11

AVENTURA SOBRE SKATE

MARCELO GERVASIO SILVA E SEU SKATE

FOTO: DGAUDIO - LOCAL: TERESINA PIAUÍ 25/03/11 - CRUZAMENTO DAS RUAS: FÉLIX PACHECO COM RUI BARBOSA

 

 

 

AVENTURA SOBRE SKATE

 

FOTO: D GAUDIO

 

AVENTURA SOBRE SKATE

 D`GÁUDIO ( O POETA) COM O SKATISTA MARCELO GERVASIO SILVA

 

FOTO: D GAUDIO

 

 

IMAGIEM SÓ! Andando pelas ruas de Teresina me deparei com essa figura extraordinária. O aventureiro e desportista Marcelo. (desportista sim.) por que para praticar essa aventura tem que ter muita disposição e amor ao esporte e aventura. Eu já o tinha visto no globo esporte. E não pensei duas vezes, tirei umas fotos. Mas na emoção das fotos me esqueci de lhe fazer algumas perguntas: por ex: o que faz uma pessoa mergulhar numa aventura desse porte? Afinal de contas, ele está percorrendo o Brasil de SKATE  isso mesmo, de skate. Mas como ele me deixou seu cartão, tenterei

 

AQUI ESÃO AS RESPOSTAS

 

 

DGAUDIO PROCOPIO FAZ ALUMAS PERGUNTA A MARCELO GERVASIO SILVA:

 

1º — Perguntei o que leva as pessoas a empreenderem uma aventura desse porte, e no caso dele, qual o motivo que o levara.

RESPOSTA:

Marcelo Gervasio Silva ‎1º — Faço esta aventura porque gosto de esportes, sempre foi a energia de minha vida, enfrentar o desconhecido sem ter ajuda ou apoio é a máxima da vida.

2º — Perguntei se ele pertendia provar alguma coisa ou se tinha uma missão especial

RESPOSTA:

Marcelo Gervasio Silva ‎2º —  Não pretendo provar nada, apenas homenagear meu pai falecido em 2002, mas ai pintou a tarefa de mapear ass de skate e ajudar o esporte do Oiapoque até chuí e levar este relatorio ao conhecimento das pessoas, afinal o skate já trouxe 16 titulos mundiais ao Brasil

3º — Perguntei-lhe qual a sensação que ele sente quando está sozinho na estrada

RESPOSTA:

Marcelo Gervasio Silva ‎3 — A sensação é única, não existe plateia, fogos ou reconhecimento de ninguem. é algo solitario, filmo a estrada na integra e depois em casa assisto tudo.

Dgaudio Procopio — 4º e não menos importante: o que diz a sua familia, qual a opinião deles?  Essas reposta serão postas ao leitores do meu blog e aos demais da net

 Marcelo Gervasio Silva ‎4- Minha familia não gostava do que eu fazia, mas depois de 38 anos de aventuras e desprendimento de coisas materiais eles aceitaram o fato de eu ter nascido para isto, são poucos no mundo que fazem isto e com minha idade não possuo adversários, admiro somente o amyr klink.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:53

23
Mar 11

 

PROCURA-SE EDITORA PARA EDITAR MEUS LIVROS/DGAUDIO PROCURA EDITORA

 POEMAS DO LIVRO PORTAL DAS ALMAS.

 

OBS: REGISTRADO NA BIBLIOTECA NACIONAL

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   ESQUIFE FINAL

 

 

Deitai em terra fria, o corpo  inerte;
Deixai a alma decompor-se em liras
Ao solfejar d`uma trombeta em rimas;
Não mais que seja em versos livres.


Chorai à alma e não à vida finda,
Ao decompor desta matéria impura.
Somai às vozes desta sina poética,
Mil cânticos por uma nota: Sorriam!


Deitai em cova os versos frígidos
Deste esquife desdenhado em vida.
Mas que fique uma réstia mística.


Deitai o corpo gélido em terra santa;
Destilai os céus, as lágrimas vivas
Por este nobre desprovido, ao infinito.

 

 

 

                          D`´Gáudio Procópio



 

 

 

 


 

       PENSE!

 

 

 

Meus pensamentos
       São meus
Eles são invioláveis

Violem meu corpo,
Vituperem o nome,
Cessem a liberdade,
Cassem meus direitos...

Mas, meu mundo de sonhos,
Só entra quem eu convidar:
Lá, habitam meus pensamentos.

 

 

 

 


  D `Gáudio procópio



publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 22:30
tags: ,

21
Mar 11

 

 

 

 

 

PERFIL DE DGAUDIO / PRA FALAR A VERDADE...!?

 

FOTO: DGAUDIO. O PRÓPRIO!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOU POLEMICO, SOU VERDADEIRO, SOU PEDREIRA! ÉTICO, EXTROVERTIDO, POETA E AMANTE DO MÍSTICO VIVER PLATÔNICO. NINGUÉM ME SIGA. NA MINHA TRILHA SÓ ANDA OS FORTES. OS FRACOS E COVARDES ADUBAM O CAMINHO DOS BRAVOS. NA MINHA RELIGIÃO NÃO TEM TRAIDOR, NA MINHA FÉ NÃO HABITA OS NÉSCIOS E BAFEJADORES. SÓ A VERDADE INTERESSA. A VITÓRIA É APENAS UMA CONSEQUENCIA DA LUTA BEM TRAVADA E O COMBATE ARDENTE

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:15
tags: ,

20
Mar 11

ENTREVISTA DE DGAUDIO À TV ASSEMBLÉIA CANAL 16. PROGRAMA CONCIÊNCIA HUMANA, QUADRO: FILOSOFIA DE RUA

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 17:58
tags:

19
Mar 11

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 10:17
tags:

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

16
17

22
24

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO