POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

Usuário Online

contador de usuários online grátis
31
Jul 11

EU VI UM MENINO...

 

 

 

Eu vi um menino brigando!

Brigando com sua imaginação.

Eu vi um menino brigando!

Brigando na sua imaginação.

 

CRIANÇA INDEFESA

Eu vi um bom menino lutando!

Sua luta era um tanto desigual

Lutava ele num mundo virtual

Visualizando um sonho insano.

 

 

Nas mãos possuía uma adaga

Uma adaga ele tinha na mão

Na outra um florim! Alusão!

Alusão a um florim e a adaga.

 

Eu vi um dócil menino em luta...

A sua luta era toda imaginária!

Imaginando ele uma trágica luta.

 

Suas armas eram imaginarias.

Sua vida? A dura realidade!

Conviver com violência cruel.

 

Eu vi um menino sonhando...

Os sonhos? Não eram coloridos

Tristezas e lágrimas fluíam...

 

Eu vi as lágrimas de uma criança...

Eu vi uma alma triste a chorar...

A alma era infantil e indefesa.

 

 

 

 

 

DGáudio Procópio

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 12:24
tags:

30
Jul 11

ACADEMIA ONÍRICA/ VERSOS CANTEIRO DE OBRAS

 

ACADEMIA ORNÍRICAFOTO: DGÁUDIO - THE - PI

 

 

Atendendo ao convite da poetisa, Laís Romero, fui conhecer o “CANTEIRO DE OBRAS”. A título de informação é um reservado onde jovens universitários se reúnem para exporem suas ideias em forma de poesias, vídeos e outros pensamentos.

Sob a bandeira do onirismo, alguns poetas e escritores resolveram formar uma academia que atende pelo nome de: ACADEMIA ONÍRICA. Muita boa a ideia, bem louvável a atitude desses jovens escritores, nesse mundo de violência e falta de humanismo, é importante a dedicação e exaltação da cultura. Que, diga-se de passagem, eu não sabia que em Teresina havia tantos poetas!  Cheguei a pensar que essa classe estava em extinção.

Mas como blogueiro que sou, e observador, tenho que expressar minha opinião: como dizia no início deste post. Fui ao CANTEIRO DE OBRAS atendendo a um convite.  A entrada custava R$ 10,00 com direito a uma revista da academia, o que acho justo, afinal, fazer cultura no Piauí não é fácil. No referido recinto, adentrei ao mesmo, (detalhe), entrei como desconhecido saí como uma incógnita. Só não consegui entender nem definir se eles fazem parte de uma nova corrente literária ou uma tendência poética com conceitos diferente ou inovadores. Na minha humilde opinião, falta um “Quê”.

Pretendo retornar ao local, afinal      como blogueiro, poeta e pesquisador de lendas que sou, tenho que valorizar nossos talentos. Nossa arte, nossa cultura e nossas lendas.

 

Por Dgaudio Procópio

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:32

16
Jul 11

ELIELSON MACIEL SANTANA ABRE SEU CORAÇÃO.

 

ELIELSON SANTANA/CONICIENCIA HUMANAFOTO: DGAUDIO - THE - PI - LOCAL DA ENTREVISTA: AR LIVRE

 

 

Numa conversa informal e em um local bem arejado numa manhã gostosa e de uma brisa relaxante, o apresentador de TV, ELIELSON SANTANA, do programa: “CONCIÊNCIA HUMANA” exibido pela TV ASSEMBLEIA, abriu seu coração para o blogueiro, DGÁUDIO PROCÓPIO. (Que, diga-se de passagem, é meu amigo).

 

 

PERGUNTA: — Meu amigo Elielson, como blogueiro e curioso que sou sempre tive uma curiosidade em saber o que te move nessa tua luta pela CONSCIÊNCIA HUMANA. O que te levou a enveredar por esse caminho? O porquê desse programa? Esse tema. Você é um cara romântico, filósofo ou o quê? Qual a causa e motivo para essa tua preocupação com o ser humano?

 

RESPOSTA: – Meu caro amigo! Se voce conhecer, ou falar com pessoas que conheceram minha vida toda, se você fizer esse comentário que você fez agora, você vai escutar delas, que eu nunca fui diferente do que sou agora, as pessoas que me conhecem há muito tempo, elas não vão dizer que tudo isso eu comecei de uns dias pra cá, eu sempre tive essa noção, essa aptidão de gostar da humanidade. Eu sempre fui um cara angustiado. Eu sou angustiado! Sou angustiado! Sou incomodado! Sou altamente imperativo na vontade de fazer algo... Está todo dia ali, fazendo alguma coisa... Alguma coisa que eu possa fazer para ajudar as outras pessoas. Às vezes não! Às vezes desvio o foco, me deixo levar pelas malícias, pelos desejos do mundo. Depois eu retomo aquele estilo que tracei. Sou assim! Desde quando eu era estudante do colégio Cidadão cidadã, não sei se é a própria história de vida que vai levando a gente pra pensar, perceber certas coisas, às vezes o cara tem uma vida toda bonitinha... Eu estava lendo Toy Story um dia desses, só o começo de um livro que comprei pra minha namorada, mas ainda vou ler, Ana Karenina e ele tem uma frase que diz assim: “todas as famílias felizes são iguais,” “todas as famílias tristes, são tristes à sua maneira” E eu tive uma vida familiar sofrida, sem condições de estudar, de ter dinheiro para pagar o colégio, ao ponto de passar três anos sem estudar por não ter como pagar a mensalidade, ou nem mesmo para fazer a matrícula, de ter sido tirado da sala de aula por estar devendo a mensalidade, atrasar os estudos, depois comecei a estudar no COLÉGIO CIDADÃO CIDADÃ. Passei boa parte da minha vida lá. Ela foi uma escola fruto. Naquela época tinha essa particularidade de botar o aluno pra fora quando não pagava a mensalidade; hoje não tem mais isso.  Então surgiu essa ESCOLA COOPERATIVA para os filhos de funcionários da Assembleia, então passei a estudar lá, e o nome da escola me chamou atenção, como eu tinha 23 anos e sem estudar, eu sempre tive aquela “coisa” de estar sempre contribuindo na minha escola, a vivência de estar sempre organizando alguma coisa, uma festa, ela foi me consolidando uma personalidade de caráter, de está sempre se envolvendo com as questões sociais, com as pessoas. Então é assim: eu estou sempre na perspectiva de fazer algo maior pela humanidade! Então isso não é falácia, não é conversa pra boi dormir! Embora as pessoas não acreditem nisso. Por que as pessoas estão tão cheias de interesses, cheias de vontades de levarem vantagens em tudo, que para elas uma ação como a minha é meramente uma tentativa de se promover. Ou seja: a maior parte olha para mim com um olhar superficial, não conhecem as pessoas, não me conhecem, não sabem da minha luta, não sabem o que passei, entendeu? Então, são coisas do ser humano, se eu sofria com isso, eu aprendi e passei a entender que a humanidade é isso. Então é isso! Eu faço tudo isso, seja como político, seja como professor seja como apresentador de televisão. É por acreditar mesmo que tenho algo a fazer. Não tenho uma religião formada, definida, acredito em Deus, entende? Não viemos do nada, não vamos voltar pro nada entendeu? Essa coisa do nada não existe! Como alguns tentam defender. Agora acredito que as religiões... Elas são portas para uma reflexão humana aonde cada um vai procurando... Onde ou aquela que você melhor se enquadra para refletir. Então tem alguém que reflete bem dentro da religião católica, tem outros que vão refletir dentro da religião evangélica, já outros se identificam e refletem melhor no espiritismo, tem até aqueles que refletem bem em não estando em nenhuma religião. Então é assim: eu não acredito que a humanidade tenha que ser igual. Que a religião tenha que ser a mesma. A humanidade tem que parar para entender o seguinte: ela é fruto da convivência. Então o que nos temos que atingir? A melhor convivência possível! Harmonia, fraternidade, respeito. É isso que vai tornar a humanidade melhor. Eu acho que é assim que a política tem que atuar. Política interfere na convivência das pessoas! A religião interfere na convivência das pessoas! A poesia interfere na convivência das pessoas! A boa música interfere na convivência das pessoas! A música ruim interfere, a política ruim interfere na convivência das pessoas. Então qual é a convivência que queremos atingir? Por exemplo: nós estamos aqui sentados. Que beleza que as pessoas estão passando, e nós aqui sentados! Ninguém tá mexendo, ninguém está falando nada. Nós estamos num local que não é nosso, o dono não está aqui. Mas podemos entrar. Entrar sentar e conversarmos tranquilos. Então, isso é convivência! De repente só fizemos isso porque, o cidadão que está ajeitando as mesas, por certo já me viu transitando por aqui. Mas talvez ele não se importasse.

 

— PERGUNTA: Essa é a visão de um mundo ideal.

 

— Exato! Um mundo ideal! E esse mundo ideal, embora ele seja quase utópico, mas ele é o mundo a ser buscado. Ah! Mas a utopia é um idealismo! Sim! Mas temos que busca-lo. Por que mesmo que não alcancemos esse idealismo, mas mesmo assim, temos que buscá-lo. Pronto! Acabou-se.

 

— PERGUNTA: Então é uma visão altruísta?

 

— Sim! Minha questão é essa. Não existe nem outra questão que me motive. Agora, eu tenho que procurar me dar bem na vida também, por que essa é a finalidade e a busca de todos por um mundo melhor. Agora, nós temos uma cultura política infeliz, que não é do político, é da sociedade; o eleitor que é viciado, a sociedade que é viciada, e quer tirar vantagens em tudo. Eu não sou partidário disso.

 

—PERGUNTA: Elielson, eu tenho informações que você teve problemas para iniciar esse programa que faz agora na TV ASSEMBLEIA. Digo: problemas de ordem financeira; ou seja: você custeou do próprio bolso as despesas para mantê-lo no ar. Como foi o inicio de tudo?

—RESPOSTA: Na verdade foi difícil realmente. Tive que bancar do meu próprio bolso. Despesas com editor, cinegrafista, tudo! Não foi muito fácil, mas hoje já está mais suave. Já conto com o apoio da direção da TV.

 

 

Nota: Então é isso meus amigos. Essa foi uma excelente entrevista e excelentes respostas desse grande lutador que busca na televisão e na sua profissão de mestre como professor encontrar respostas e soluções para a humanidade. Que bom se nós tivéssemos mais pessoas interessadas e engajadas nessa luta incessante de uma melhoria para a humanidade. Não podemos esquecer e nem deixar de enaltecer e valorizar o trabalho que esse “nobre” homem de atitudes ainda mais nobres e altruístas executa. Onde ele procura incentivar os talentos Piauienses que estão no anonimato. Onde falta a mão das autoridades no tocante ao incentivo aos talentos da terra, surgem pessoas como ELIELSON SANTANA.

 

 

Por DGáudio Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 20:40

14
Jul 11

LUAL FILOSÓFICOEM PRIMEIRA MÃO: NOVO LUAL FILOSÓFICO NO AR LIVRE DIA 26 DE AGOSTO AS 20:HS. SEGUNDO ELIELSON SANTANA O TEMA SERÁ: O QUE HÁ DE COMUM ENTRE LUIZ GONZAGA, RAUL SEIXAS E RENATO RUSSO - PARTICIPEM DESSE EVENTO CULTURAL, VAMOS DEBATER E ENRIQUECER A ARTE.  VALORIZAR NOSSOS TALENTOS

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:44
tags:

13
Jul 11
publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:31
tags:

10
Jul 11
publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 14:01
tags:

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 13:41
tags:

09
Jul 11

FOTO: DGAUDIO

LUAL FILOSOFICO/DGAUDIO
publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 01:01

07
Jul 11
DECREPITO/ DGAUDIO

 

 

DECRÉPITO

 

 

 

Ah! Cruel velhice!

Que rouba minha vida

Enfraquece minhas fibras.

 

 

Quem te disse que poderias tu

Levar minha paz, minar a juventude.

 

 

Poderias tu, devolver minhas forças,

Renovar esta face debilitada pelos anos?

 

 

Ainda que sejam, os anos uma dádiva,

Queria eu de volta a juventude minha.

 

 

Não consigo olhar ao espelho

Sem refletir a ilusão! Assombro!

 

 

Puta da velhice cruel!

Impossível evitar

Que venha.

 

 

 

 

D

G

á

u

d

i

o

Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 01:05
tags:

06
Jul 11

SKATE/COMETA DO ASLALTO/MARCELO GERVARSIOFOTO: DGAUDIO - THE -PI

 

COMETA DO ASFALTO

 

 

E assim nasce uma viva lenda

Fulgurante como um cometa

Cintilante qual uma centelha.

 

Do nada se fizera sombra viva

E da sombra tornara em mito

Fundiu-se na distância mística.

 

A lenda era sombra e a sombra

Um cometa, e o cometa a força,

A força de um guerreiro a fibra!

 

Como se defini uma luz cometa?

E como luz, descrever é possível?

Só outra estrela para seguir o dia.

 

E como dia: resplandece o brilho

Que segue a trilha da vida: livre!

Liberdade é vento a bater o peito.

 

Liberdade é correr o mundo sim!

Desbravando as terras de outros

Sentir na alma uma alegria viril.

 

Liberdade é deslizar sobre o skate

Sentir e viver uma forte emoção

Liberdade é ser: livre ao extremo!

 

 

 

 

 

DGáudio Procópio

 

 

 

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 10:20

Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
MAPA MUNDI
MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO