POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

27
Set 11

 

DECREPITO/VELHICE/PV

DECRÉPITO

 

 

Ah! Cruel velhice!

Que rouba minha vida

Enfraquece minhas fibras.

 

Quem te disse que poderias tu

Levar minha paz, minar a juventude.

 

Poderias tu, devolver minhas forças

Renovar esta face debilitada pelos anos?

 

Ainda que sejam, os anos uma dádiva!

Queria eu de volta a juventude minha.

 

Não consigo olhar ao espelho

Sem refletir a ilusão! Assombro!

 

Puta da velhice cruel!

Impossível evitar

Que venha.

D

G

Á

U

D

I

O

Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 09:47
tags:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO