POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

Usuário Online

contador de usuários online grátis
04
Out 11
IPÊ BRANCO/AMOR/VIDA/UM  POUCO DE BRANCO NA VIDA
FOTO: DGAUDIO- IPÊ BRANCO

 CORAÇÃO, ADAGA  E AMOR

 


Enterra essa tua adaga
Em peito viril e ferido
Destroça esta alma aflita
Que tanto em vida amou
Coração enganado solene
E sempre iludido ainda
Nos muitos teus devaneeis
Que muito em sonhos gerou.

Despreza o ébrio inerte
Adormecido e inocente
Nos braços da virgem alada
Que nunca fora apalpada
Virgem candura suave
Nos seios de uma gazela
Gazela de olhos castanhos
Cabelos com fios ondulados
Rosada pele maçã e vibrante
Bailando nos ares deste Céu.

Ó virgem sonhada e amada
Não vaza este peito cansado
Perpetue a essência alada
Ao pobre ébrio apaixonado.


Enterra tu essa adaga afiada
Ao peito e ao frívolo amor
Ao sono e limiar do ébrio
Ao ego e a doce lira. Delírio!
Que por fim será o sorriso:
Um perfeito sonho alado.

 

D`Gáudio Procópio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:21
tags:

Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13

16
17
18
20
21

23
24
25
26
27
28
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

MAPA MUNDI
MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO