POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

28
Fev 11

          

 

 

 

 

FOTO: DANIEL DIAS

 

 

 

  O FRACASSO

 

 

Não culpe a outrem por teu rude fracasso
Nem deixe a incompetência te suplantar.
Mas busque em ti a ineficácia do inapto,
Desobstruindo tua mente vazia ao pensar.


Não busques em outro um provável inimigo
Seja você suficientemente capaz de interagir
E possas tu relutar diante do suposto porvir
Talvez então, serás verdadeiro para contigo.


Não culpe a outrem por teu vil fracasso
Mas olhe dentro de ti; e examine teu ego
E seja então verdadeiro com tua pessosa.


Não culpe a teu irmão pela tua incompetência
Extravase a condição de ser racional e de amar
E será`s então uma criatura digna de ser amada.

 

 

                 D`Gáudio Procópio

 

 

Poema do livro (ORVALHOS DE SENTIMENTOS  pg. 30

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 23:13
tags:

Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO