POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

24
Ago 12
IPE/PRIMAVERA/O AMANTE

O AMANTE

 

 

 

Quero ser amante de todas

Velejar em todas as mentes

Atracar em porto coração.

 

Quero ser a dor que aperta

O peito quando foge o amor,

Deixando apenas a saudade.

 

Quero tragar a lágrima que cai e

Rola na face da amante chorosa.

A dor que fica e acelera o coração.

 

Quero ser a dor chorosa do peito

A lágrima que chora a amante.

Entre eu, a saudade e a paixão.

 

 

Quero ser odor que exala a paixão

No cio da donzela que desperta o ser

O aroma que exala o sexo no êxtase.

 

No úmido da boca por um lábio esnobe,

Quero ser teu amante. Todas! Amantes!

Quero ser a anágua que cobre a pélvica.

 

Oh! Amantes gazelas!

Prostitutas, raparigas!

Donzelas juramentadas!

Prefiro as maduras.

Regidas em tom e cores

Morenas e claras.

Um jambo.

Não muito pardas

 Nem muito alvas.

 

Amantes! Todas!

Todas amantes!

Raparigas!

Quero ser de todas elas a poesia.

A nostalgia.

A saudade de todas.

A dor que as fazem chorar.

Quero ser a poesia.

Quero ser o amor.

O amante.

 

 

 

 

D`Gáudio Procópio

 

 

Esperantina  22/06/12 -  08:00hm

 
publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 00:30

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
21
22
23

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO