POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

25
Ago 12
BEM-TE-VÍ

BEM-TE-VI! BEM-TE-VI!

 

Bem-te-vi! Bem-te-vi! Que folia hein?

O que há no teu cântico, por que tanta folia?

Quando canta tremulas as asas. Por que será?

Que melodia trás agora neste cântico?

A pressa é uma constante em todo teu cantar!

 

 

Canta nas arvores, canta na cerca, canta até voando!

Oh! Bem-te-vi!  Queria tua alegria, queria teu cantar!

Na beleza do teu canto tens a força da natureza. Toda!

Quando cantas não há tristezas e nem pesares no tom.

 

Cantas no céu e nos céus. Canta este coração abalroado

Cante o verso do traçado: amado, avistado e adornado.

Na folia do teu canto, vejo Deus e a natureza  plena!

Versejes ao poeta, mas tremules seu em seu canto. Sonhos!

 

Bem-te-vi! Bem-te-vi! Por que tanta folia?

Por que o folião? Asas tuas e cânticos vips

És majestoso e soberano. Bate até o gavião.

Quanto mais meu
coração. Cante bem-te-vi!

 

 

Que teu canto alegrará

Manhãs, tardes e noites.

Ao universo do poeta!

Sou poeta?! Não sei.

 

 

D`Gáudio Procópio

 

 

 

Esperantina 22/06/12 8:00hm

Sítio do Juça

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 11:29
tags:

Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13

19
21
22
23

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO