POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

Usuário Online

contador de usuários online grátis
19
Out 12

 

QUERO COLO/ GATO
 
 
 

A CIDADE DORME...

 

 

Dorme ó cidade enquanto aguarda teu amanhã

Em seus muitos afazeres, espera nascer o dia.

Com todos seus encantos e segredos místicos

Para não cair no esquecimento de ébrios amantes

Para não chorar a nostálgica ilusão insalubre.

Para então deleitar-se em seu berço esplêndido!

Ao raiar do dia e ao cair da noite em manto negro

Aquentado pelos seus quarenta graus de temperatura

Temperatura de amor em sol de prata e ouro!

Para dizer que te amo, e amamos todos nós!

 

Na calada do silêncio noturno sorrateiro paira:

O romantismo intercalado entre os amantes

Adormecidos pelos muitos anos de exaustão

Mas não menos importante para o tempo apagar.

 

 

Em tuas ruas e pelas ruelas da cidade adormecida

Paira o silencio dos amantes embriagados: Pudor!

Pela donzela que não é mais, nem fica nas janelas;

A observar o amante platônico que pasma e brada!

Chora tuas lágrimas adormecidas e sofridas: Amante!

Eu bem te disse que o segredo das ruas espera o dito

Embora reveles tuas vergonhas e a de teus moradores.

Amantes! Sim! Amantes de uns tempos que não mais...

 

Então dormes oh cidade encantada! Acalentas teu amor

E protege teus amantes que são muitos. Anônimos sim!

Mas fieis a ti e teus deleites! Talvez na esquina algum ébrio

Procure apoiar-se na parede. Mas não foge ele a luta!

E nem teme a peleja do dia vindouro. Ao entardecer do raiar

Outro peleja então com relutância ao seu bem: Desequilíbrio!

Mas que importância tem isso? Se tu acalentas e guarda todos eles?

Eles dormem ao sono dos amantes e ébrios enlouquecidos

Mas permanecem em vosso leito caloroso e materno. Teu bem!

 

Por muitos que não foram, e por eles que se foram!

Tu és a cidade que não dorme. Adormecida sim!

Enquanto passam as horas noturnas para a alva.

Declaro meu amor por ti, e minha paixão por vê-la.

Cidade adormecida, cidade dos amantes, cidade dos poetas!

TERESINA!

 

 

 

Por D`Gáudio Procópio

 

 

 

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 11:40
tags:

Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

15
16
18
20

23
24
25
26

28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

MAPA MUNDI
MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO