POESIAS, CULTURA, INFORMAÇÕES E ASSUNTOS C.C.B. BRASIL, MUNDO

Usuário Online

contador de usuários online grátis
22
Out 12
TESINA CIDADE DOS POETAS

 

 

 

DESLUMBRANTE DESEJO

 

 

Antes que a dor finalize e extravase a alma

Deixarei de amar esta agonia lenta inglória

Mesmo que a vida flutue com valsas floridas

Decantando este ser decrépito que clama.

 

 

E o que é o amor nesta suma insuflária sina

Onde o vento sopra as folhagens insalubres?

De certo que vossa alma chora a dor lasciva

E o cheiro do amor impregna suaves odores.

 

Ao néctar da flor indolor das virgens emanam

Tão suaves e sensíveis sussurros do sereno;

Castos e vastos desencantos embrionários.

 

Esbranquiçado pela pureza da inocência em:

Véu de fel, doce sabor, primário e prismático

Proveniente do expectar amoroso sensorial.

 

 

 

DGaudio Procopio

publicado por dgaudioprocopio o Poeta às 09:36

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

15
16
18
20

23
24
25
26

28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
MAPA MUNDI
MUSICA
LIKE YOU
mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO